quinta-feira, 16 de março de 2017

Lestão das CEB's 2017

        Entre os dias 21 e 23 de abril de 2017, a Diocese de Barra do Piraí / Volta Redonda - RJ recebe o encontro das Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) do Lestão, que compreende representantes do Estado do Rio de Janeiro (Leste I), Minas Gerais e Espírito Santo (Leste II). Durante esses dias, será aprofundado o mesmo tema do 14º Intereclesial: “CEB’s e os desafios do Mundo Urbano”, que será realizado em 2018. O Intereclesial é um grande encontro que reúne experiências de representantes da CEB’s de quase todo continente latino-americano.
 
 
         Na caminhada das CEB’s criou-se a prática da realização de intereclesiais, com a participação de representantes das comunidades do Brasil e América Latina e Caribe. Já foram realizados 13 Intereclesiais e eles mostram como elas se inserem na realidade da vida do povo:
   
    1º - 1975:  Vitória / ES – Uma Igreja que nasce do povo pelo         Espírito de Deus.

    2º - 1976:  Vitória / ES – Igreja, Povo que caminha.

    3º - 1978: João Pessoa / PB – Igreja, povo que se liberta.

    4º - 1981: Itaici / SP – Igreja, Povo oprimido que se organiza para a libertação.

    5º - 1983: Canindé / CE - Igreja, Povo Unido, semente de uma nova sociedade.

    6º - 1986:  Trindade / GO – CEB’s, Povo de Deus em busca da Terra Prometida.

    7º - 1989: Duque de Caxias / RJ – CEB’s povo de Deus na América Latina a caminho da libertação.

    8º - 1992: Santa Maria / RS – CEB’s, Povo de Deus renascendo das culturas oprimidas.
    9º - 1997: São Luiz / MA  - CEB’s, vida e esperança nas massas.

    10º - 2000: Ilhéus / BH – CEB’s, Povo de Deus, 2000 anos de caminhada.

    11º - 2005: Ipatinga / MG – CEB’s, espiritualidade libertadora: seguir Jesus no compromisso com os excluídos.

    12º - 2009: Porto Velho / RO – CEB’s, Ecologia e Missão: do ventre da Terra, o grito que vem da Amazônia.

    13º - 2014: Juazeiro do Norte / CE – Justiça e Profecia a serviço da vida e da Esperança.

    14º - 2018: Paraná / PR – CEB’s e os desafios do Mundo Urbano. 
 
    As CEB’s são Comunidades que reúnem pessoas na mesma igreja e que vivem unidas em torno da Palavra e da Eucaristia. São Eclesiais por serem constituídas por cristãos reunidos em razão da mesma fé e são de Base, pois as pessoas nelas se encontram em torno de objetivos comuns e trabalham juntas. Valorização especial é dada ao protagonismo dos leigos e leigas. Cada batizado/a é presença viva do Evangelho, na Igreja e no mundo onde vive, se relaciona e atua.
 
    Desde que surgiram as CEB’s foram apontadas como comunidades de fé, expressando “um novo jeito de ser Igreja”, tendo em vista a construção de uma nova sociedade. Elas não são movimentos, mas uma forma de ser da Igreja. Outra característica marcante da CEB’s é a ligação Fé e Vida. A fé, vivenciada a partir da espiritualidade cristã, numa prática de oração que leva ao testemunho dos valores do Evangelho na vida. Hoje, as CEB’s são apontadas como “um jeito de toda a Igreja ser”, um jeito de ser Igreja da maneira que Jesus quer. 
 
       Para saber como participar do Lestão, procure o articulador das CEB's na sua diocese para efetuar sua inscrição.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Jovens na CF-2017

     No dia 18 de Fevereiro deste ano, com realização do Grupo de Adolescentes Caminho para Salvação da Comunidade do Morro da Carioca e promoção da Pastoral da Juventude, os jovens da nossa região puderam experimentar e conhecer um pouco mais do bioma da Mata Atlântica, bioma típico de nossa região.


     A atividade aconteceu no Parque Estadual de Cunhambebe que fica localizado em Mangaratiba e tem como missão a preservação dos remanescentes de Mata Atlântica da porção fluminense da Serra do Mar, bem como recuperar as áreas degradadas ali existentes e manter a população animal. 


     O Objetivo foi ir de encontra a temática da Campanha da Fraternidade 2017 que nos traz a reflexão dos "biomas brasileiros e a defesa da vida". Deste modo os jovens puderam ter uma palestra com um técnico do Parque, fazer uma trilha guiada e mergulhar nas cachoeiras, belezas naturais que o Senhor nos deu. 


     O encontro contou com o apoio técnico do Parque Estadual Cunhambebe e o apoio logístico da UFF do Polo Angra dos Reis.

sábado, 19 de novembro de 2016

Hino da Campanha da Fraternidade 2017

Um concurso promovido pela CNBB selecionou o Hino da Campanha da Fraternidade 2017, e a música vencedora é de autoria do Padre José Antônio de Oliveira (letra) e de Wanderson Luis Freitas da Silva (música).



Louvado seja, ó Senhor, pela mãe terra,
que nos acolhe, nos alegra e dá o pão.
Queremos ser os teus parceiros na tarefa
de "cultivar e bem guardar a criação."

Da Amazônia até os Pampas,
do Cerrado aos Manguezais,
chegue a ti o nosso canto
pela vida e pela paz (2x)

Vendo a riqueza dos biomas que criaste,
feliz disseste: tudo é belo, tudo é bom!
E pra cuidar a tua obra nos chamaste
a preservar e cultivar tão grande dom.

Por toda a costa do país espalhas vida;
São muitos rostos - da Caatinga ao Pantanal:
Negros e índios, camponeses: gente linda,
lutando juntos por um mundo mais igual.
Senhor, agora nos conduzes ao deserto
e, então nos falas, com carinho, ao coração,
pra nos mostrar que somos povos tão diversos,
mas um só Deus nos faz pulsar o coração.

Se contemplamos essa "mãe" com reverência,
não com olhares de ganância ou ambição,
o consumismo, o desperdício, a indiferença
se tornam luta, compromisso e proteção.

Que entre nós cresça uma nova ecologia,
onde a pessoa, a natureza, a vida, enfim,
possam cantar na mais perfeita sinfonia
ao Criador que faz da terra o seu jardim.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

PJ em preparação para a Ampliada Nacional

Frei Betto diz que a humanidade, hoje, tem fome de pão e de beleza. Podemos dizer que é a mesma fome que tem a juventude, em um recorte etário muito especial. Acrescida a essa fome, existe em nosso meio a fome e a sede por novidade. Pão, beleza e novidade!

O convite feito nesse processo da Ampliada Nacional da Pastoral da Juventude é ir à Galiléia nos encontrar com o Mestre Moreno Ressuscitado. Ao propor “romper barreiras”, indicamos um primeiro passo rumo ao novo, nos propondo a fazer esse caminho para a Galiléia.

E onde ficam as Galileias de hoje? Quais os caminhos que precisamos percorrer para chegar até elas? Como vamos? Com quem vamos? Quem encontraremos lá? Estamos tão distantes das Galileias? Por quê? Quais as barreiras que queremos e precisamos romper?

O Texto Base da ANPJ tem a intencionalidade de nos aproximar de algumas “Galileias”, colocando a PJ do Brasil em sintonia com esse caminho. Por isso, se faz necessária uma grande mobilização desse processo de reflexão sobre essas Galileias, que devem ser reconhecidas nas realidades mais locais, próximas dos grupos e espaços de encontros da Pastoral da Juventude. Para nos ajudar nesse olhar às Galiléias, convidamos companheiras e companheiros para nos escreverem, a partir de seus espaços de trabalho e militância. O material está riquíssimo!

Apostamos em dois pressupostos para esse caminho: o primeiro é a convicção de que a Pastoral da Juventude está em cada jovem que se coloca a serviço da sua missão, não desassociando o processo pastoral com o pessoal. O segundo pressuposto é a compreensão de que um caminhar da PJ Nacional só se concretiza se ele for realizado nos espaços reais da vida, nas Galileias concretas, que só podem ser olhadas e evidenciadas a partir dos próprios grupos de jovens das nossas comunidades.

Acesse, leia, divulgue: https://goo.gl/wKAQzs

Fonte: PJ Nacional

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A Diocese de Itaguaí volta a celebrar o DNJ

   Depois de ficar um ano sem celebrar o Dia Nacional da Juventude, ontem, 16, a juventude da Diocese de Itaguaí voltou a se reunir e celebrar este dia. O encontro aconteceu nas terras de Conceição de Jacareí, Distrito de Mangaratiba e teve como temática "Juventude e nossa casa comum" e o lema "Vou criar um novo céu e nova Terra" (Is 65,17).


   Inspirados na encíclica “Laudato Si" do Papa Francisco, o cuidado da "nossa casa comum”, nos convida a pensar e dialogar acerca das condições de vida e sobrevivência de uma sociedade no ambiente em que ela está inserida. É o que denominamos de ecologia integral, onde nos colocamos como parte da natureza

   Assim, começamos o dia celebrando a Santa Missa junto a comunidade local e logo em seguida, fizemos uma roda de conversa acerca do cuidado da nossa casa comum, onde refletimos sobre a grave situação em que se encontra o nosso meio ambiente, o que tem causado tal devastação e como podemos ser agentes transformadores desta realidade.

   Após este momento de alimento espiritual e tomada de consciência, ocupamos as ruas e saímos em caminhada pelas ruas de Conceição com o objetivo de levar este debate para aqueles e aquelas que ainda não refletiram a importância de cuidarmos da nossa "casa comum. Logo que chegamos a praia, com ela lotada de turistas, fizemos o ato de recolhermos o lixo deixado nas areias, com os objetivos de cuidado com o meio ambiente e como ato simbólico para os turistas perceberem a importância de zelar por aquilo que é de todos.


Após o almoço pudemos voltar a praia para desfrutar desta maravilha que o Senhor nos entregou para usar e sermos responsáveis por zelar. Assim, encerramos este dia com muito esporte e música, já ansiosos para nos reencontrarmos no próximo ano.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Grupo de Adolescentes da Comunidade da Carioca celebrará 1 ano

Neste sábado, dia 03, a partir das 18h, o Grupo de Adolescentes da comunidade de N. S. das Graças, Morro da Carioca, estará realizando um Ofício Divino em ação de Graças a 1 ano de fundação do grupo.


Após o Ofício, estarão fazendo uma pequena recepção no salão da Igreja para confraternizar com todos com um corte de bolo, música e dança.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Acontecerá o I Encontro da Juventude e Libertadora do Sudeste

Em 2014, aconteceu o primeiro Encontro Nacional de Juventudes e Espiritualidade Libertadora, em Fortaleza. Reunindo mais de 400 jovens de diversas cidades do Brasil.

Neste ano, em preparação para o II Encontro nacional, acontecerá o Encontro de Juventudes e Espiritualidade Libertadora da Região Sudeste entre os dias 09 a 11 de setembro em Belo Horizonte/MG no Centro Referencial da Juventude. 


Fé que oprime ou Fé que liberta?

Desafios contemporâneos e o Amor como critério ético
A proposta é construir um espaço onde os Sagrados dialoguem, a partir das distintas vivências de espiritualidade das Juventudes.  Por meio de partilhas e vivências de uma mística libertadora que fortaleça nas juventudes um senso de cidadania, compromisso com os movimentos sociais, tendo em vista a construção de um caminho de transformação revolucionária da sociedade, para a garantia de direitos juvenis e a incidência em Políticas Públicas para as Juventudes, faremos debates e experiências com pessoas que fizeram/fazem de sua produção intelectual uma expressão de fé e amor pelos excluídos.

O evento contará com a participação de jovens cristãos, judeus, candomblecistas, umbandistas e diversas outras religiões e sem religião. 

As vagas são limitadas e a programação pode ser conferida no site: www.espiritualidade2016.com.br 

O Encontro é uma promoção conjunta da Rede Ecumênica da Juventude, Pastoral da Juventude Leste II, Caritas, CEBI Sudeste, Judeus Progressistas e Observatório de Evangelização da PUC Minas.

Informações:
Jonathan Felix – (31) 9 9353-1725 
Larissa Pirola (31) 9 9220-0773 – TIM/WhatsApp

Fonte: Reju

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Curso do Rio 2016 em Conceição de Jacareí



FICHA DE INSCRIÇÃO –  até 07 de agosto (ou até se completarem as 50 vagas)

Faça sua inscrição on-line:.
http://goo.gl/forms/vpDGKFWCbZ82i4rv1

Informações
Glaziane (24) 99812-3598
glaziconcule@hotmail.com
Realização:
Email  nevio@iserassessoria.org.br
Telefone: (21) 2262.8162